Nem sempre os sinais que o corpo dá são o que parecem. Dores no estomago ou na região do queixo, Poe exemplo, podem esconder problemas de coração.

O cardiologista José Aid Sad explicou que as dores na mandíbula muitas vezes são confundidas com problemas na mastigação, mas na verdade indicam uma espécie de pré-infarto.

Outra dor facilmente confundida com azia ou gastrite também pode esconder uma doença coronariana.

Leia também sobre…

Mudança em cirurgia cardíaca

Cuidados com o coração

Aveia, iogurte e repolho para proteger o coração

Segundo ele, muitas vezes o paciente se automedica ou chega a procurar um especialista gástrico, mas não acha nada.

Geralmente, o especialista encaminha para um cardiologista, pois pode ser obstrução na coronária. Há uma falta de sangue na parte inferior do coração, e a dor é irradiada para as partes do corpo como estômago ou mandíbula.

De acordo com o cardiologista Fabrício Sarmento Vassalo, além da dor no estômago, um dos sinais a que os pacientes devem estar sempre atentos são as palpitações e arritmias.

A sensação de que o coração esta descompassado, batendo devagar demais ou acelerado, pode ser sinal de que algo não esta certo e o paciente deve procurar um especialista.

Vassalo afirma, ainda, que outros sintomas aos quais as pessoas não dão tanta importância são cansaço, falta de ar e dor no peito.

O mal-estar com enjôos também pode significar alguns problemas como enfarte ou angina.

Os cardiologistas alertam que os sinais que o corpo apresenta não são obrigatoriamente problemas relacionados ao coração. As palpitações podem ser apenas uma ansiedade, por exemplo.